Você está aqui : Home > Informação
Informação
 
COMO CHEGAR
Todas as companhias aéreas que possuem vôos à Argentina chegam ao aeroporto internacional Ministro Pistarini (Ezeiza), situado a 35 km da cidade de Buenos Aires, Capital Federal. Estão conectados pela autopista Tenente General Ricchieri (informações: 4480-9538). Lembre-se que ao sair do país deverá pagar uma taxa de U$S 30,50. As empresa Manuel Tienda León (Av.Santa Fé 790, tel. 4314-3636) e Transfer Express (Florida 1045, tel. 4312-8883) oferecem a cada meia hora, entre 05:00 e 20:30, um serviço de transporte. O preço é de $ 15 e $ 11 (pesos argentinos) respectivamente, e o trajeto dura 40 minutos. Existem também taxis e "remises" (carros de aluguel com motorista) que realizam o translado (entre $ 35 e $ 38).
 
QUANDO VIAJAR
Lembre-se que no hemisfério austral as estações são opostas às do hemisfério boreal. Em geral, o verão, com temperaturas baixas e dias longos, é a estação mais favorável na Patagônia e nos Andes meridionais. No inverno é recomendável viajar pelo norte e noroeste, pois as chuvas são menos freqüentes e as temperaturas tropicais diminuem alguns graus. O outono e a primavera são magníficos em Buenos Aires, Cuyo e áreas pré-cordilheira de La Rioja e Catamarca.
 
COMO VIAJAR

Avião
Devido às enormes dimensões do país, o avião é o meio de transporte apto para longas distâncias, podendo-se combinar posteriormente com os serviços terrestres. Adquira em seu país de origem o "Visite Argentina" ou "Discover Argentina", que permitem viajar através da Argentina de maneira econômica. Os vôos domésticos estão cobertos pelas Aerolíneas Argentinas, Austral, Dinar, LADE, LAPA e SW.
Os vôos domésticos ao Uruguai partem do Aeroparque Jorge Newberry, situado ao norte da cidade junto ao Rio da Prata. A taxa de embarque nos vôos domésticos é de $ 7,05 e ao Uruguai é de U$S 16,50 a U$S 20,50.

Tempos dos vôos internos a partir de Buenos Aires:

Puerto Iguazú 1 h 45 min
Posadas 1 h 30 min
San Salvador de Jujuy 2 h 10 min
San Miguel de Tucumán 1 h 50 min
Salta 2 hs.
Córdoba 1 h 15 min
Mendoza 1 h 50 min
San Carlos de Bariloche 2 h 20 min
Trelew 2 hs.
Mar del Plata 1 h 10 min
Río Gallegos 2 h 55 min
Ushuaia 3 h 20 min
El Calafate 3 h 15 min

Aluguel de Automóveis
Todas as companhias internacionais operam na Argentina. Em Buenos Aires estão Ai Rent a Car International (Maipú 965, tel. 4311-1000), Avis Rent a Car (Cerrito 1527, tel. 4300-8201), Budget Rent a Car (Av. Santa Fé 869, Tel. 4311-9870), Dollar Rent a Car (M.T. de Alvear 523, tel. 4315-8800), Hertz - Annie Millet Rent a Car (Paraguay 1122, tel. 4816-8001), Localiza Rent a Car (Maipú 924, tel. 4315-3661) e Thrifty Car Rental (Av. Leandro N. Alem 699, Tel. 4315-0777).
 
COMPRAS

Devolução do IVA
No aeroporto você poderá recuperar a importância paga pelo Imposto ao Valor Agregado, se tiver adquirido produtos nacionais por valores superiores a $ 70 (por nota fiscal) nos comércios aderidos ao sistema "Global Refund".

Formas de Pago
A pesar de que o dólar é geralmente aceito, o câmbio de divisas em moeda nacional se realiza em bancos e casas autorizadas. Os cartões de crédito de freqüente aceitação são American Express, VISA, Diners e Master Card. Pode haver dificuldades para a troca de cheques de viagem fora de Buenos Aires.

Horários Comerciais
Bancos e casas de câmbio: de segunda à sexta, entre 10:00 e 15:00 horas.
Escritórios comerciais: geralmente de 09:00 a 12:00 e de 14:00 a 19:00 horas.
Lojas e estabelecimentos comerciais: nas grandes cidades, de 09:00 a 20:00 horas, no interior costumam fechar ao meio-dia. Aos sábados, o horário é de 09:00 a 13:00.
Cafés, confeitarias e pizzarias: estão quase sempre abertos, com um parêntesis entre as duas e seis da madrugada.
Restaurantes: o almoço é servido a partir das 12:30 e o jantar a partir das 20:30. Muitos estabelecimentos oferecem refeições rápidas a toda hora.

 
DADOS GERAIS
Procedimentos de Entrada
Passaporte vigente, com ou sem visto, dependendo do caso. Consulte na sua embaixada ou consulado mais próximo. Os visitantes procedentes de países que não são fronteiriços estão isentos de todo imposto com efeito de viagem e artigos novos em um valor não superior a U$S 300 mais U$S 300 adicionais se forem adquiridos em free-shops habilitados em território nacional. Não se exige nenhum certificado de vacinação para entrar ao país, salvo contra a cólera e a febre amarela, aos passageiros procedentes de países nos quais estas doenças são endêmicas.

Telefones
Os telefones públicos funcionam com cartões que podem ser adquiridos em bancas de jornal e nas companhias telefônicas, ou com moedas de curso legal vigente. Também existem telefônicas apenas com pagamento em dinheiro (abertas 24 horas).
Para ligar do exterior deve-se discar o prefixo nacional, que é 54, e depois o código de área da localidade à qual deseje chamar. Em ligações nacionais deve-se discar 0 e depois o código respectivo. E para ligar para o exterior, deve-se marcar 00, o código do país e o código da cidade em questão.
Lembre-se que existem tarifas reduzidas das 22:00 às 08:00hs.

Mapas
Podem ser adquiridos no Automóvil Club Argentino (Av. del Libertador 1850, tel. 4802-6061 e 4802-7071, Buenos Aires).

Informação Turística
Secretaría de Turismo y Deporte de la Nación, Centros de Informação Turística: Av. Santa Fé 883, (C1059ABC) Buenos Aires, tel. 4312-2232 ou 0800-555-0016; Aeroporto Internacional de Ezeiza e Aeroparque Jorge Newbery.
Centros de Informação Turística da Cidade de Buenos Aires, Av. Pte. Quintana e J.M. Ortiz, Florida e Diagonal Norte, Carlos Pellegrini 217, Dique 4 em Puerto Madero, Teatro de la Ribera (La Boca), Terminal de Ônibus de Retiro e Shopping Abasto.


 
INFORMAÇÃO DE INTERESSE GERAL

O Nome Argentina
É proveniente do latim "argentum" que significa prata. A origem desta denominação remonta às viagens dos primeiros conquistadores espanhóis ao Rio da Prata. Os náufragos da expedição de Juan Díaz de Solís encontraram indígenas na região, que lhes deram de presente objetos de prata, e levaram à Espanha em 1524, a notícia da existência da Serra da Prata, uma montanha rica daquele metal Preçoso. A partir desta data os portugueses chamaram o rio de Solís, Rio da Prata. Dois anos depois, os espanhóis também utilizaram esta denominação. A Constituição Nacional sancionada em 1853 incluiu o nome "República Argentina" entre os nomes oficiais para designar o governo e território da Nação.

Localização, extensão e fronteiras
Situada na América do Sul e portanto no hemisfério sul do planeta, a Argentina possui uma extensão de quase 3,8 milhões de km², dos quais 2,8 pertencem ao continente - com aproximadamente 54% de planícies (pradarias e savanas), 23% de planaltos e outros 23% de serras e montanhas - e o restante ao setor antártico. Seus 3.800 km de longitude de extendem de 22º até 55º de latitude sul. Faz fronteira com o Uruguai, Brasil, Paraguai, Bolívia e Chile com um perímetro de fronteiras de 9.376 km. O litoral, sobre o Oceano Atlântico, alcança 4.725 km.

Geografia
A característica fundamental do relevo argentino é o enorme contraste que oferecem as imensas planícies orientais e a impressionante Cordilheira dos Andes à oeste, que possui o pico mais alto do hemisfério ocidental: o Aconcágua, de 6.959 m.
No percurso de Jujuy até a Terra do Fogo, a cordilheira exibe a maravilhosa variedade de sua paisagem: de os planaltos do noroeste - desertos, vales, quebradas e cerros coloridos - até a região dos lagos, bosques e geleiras da Patagônia.
Ao norte, o Chaco é uma área florestal ligada aos rios Bermejo, Salado e Pilcomayo.
Entre os rios Paraná e Uruguai, a Mesopotâmia Argentina (estados de Entre Rios, Corrientes e Misiones) está formada por montes baixos, lagoas e esteros que assinalam os antigos traçados destes grandes rios. Em alguns setores, no meio da selva subtropical, produzem-se rupturas que favorecem fenômenos tão espetaculares como as Cataratas do Iguaçú.
No centro da Argentina, a região pampeana é a planície mais extensa e conhecida. Com uma intensa exploração agrícola e pecuária, abarca o estado de Buenos Aires, o nordeste do estado de La Pampa e o sul de Córdoba e de Santa Fé. Sua paisagem é interrompida ao sul pelas pequenas serras de Tandil e "de la Ventana", e a oeste pelas serras de Córdoba.
Em direção ao sul, dos Andes até o mar, extendem-se os estéreis e pedregosos planaltos patagônicos, açoitados em grande parte do ano pelo vento. A costa atlântica, delimitada por altos penhascos, desenha formas sinuosas, como a Península Valdés, com suas espetaculares paragens de animais marinhos.

Clima
A Argentina possui uma grande variedade climática: temperado e úmido na planície pampeana, frio e úmido no extremo oeste da Patagônia, subtropical no norte da Mesopotâmia e quente no noroeste. De novembro até março, a temperatura média é de 23ºC e, de junho a setembro, de 12ºC.

População
A população atual da Argentina é de mais de 36 milhões de habitantes, dos quais quase a metade reside na Capital Federal e no estado de Buenos Aires. Estas cifras indicam uma densidade de 13 habitantes por km².
95% dos argentinos são de cor branca, descendentes principalmente de italianos e espanhóis. Com a chegada da massiva imigração européia, o mestiço - cruzamento entre o branco e o índio - foi-se diluindo pouco a pouco, e hoje apenas compreende 4,5% da população racial argentina. A população indígena pura - mapuches, collas, tobas, matacos e chiriguanos - representa 0,5% dos habitantes.

Cultura
As raízes culturais da Argentina são predominantemente européias, e isso se reflete na sua arquitetura, música, literatura e estilo de vida.
Possui uma intensa atividade cultural nas principais cidades, refletida em festas, exposições, cinemas, teatros, shows e concertos.
Buenos Aires possui aproximadamente 100 cinemas e 90 teatros, com grande variedade de espetáculos, que a tornam uma das cidades de mais intensa atividade teatral da América Latina.
Nos centros culturais Borges, Recoleta e General San Martín expõe-se a dinâmica cultural do país e do mundo.
O Teatro Colón, que se encontra entra a três melhores salas líricas do mundo, destaca-se por sua arquitetura e possui uma acústica perfeita. Nele se encontram as mais proeminentes figuras do mundo da música clássica, do balet e da ópera.
Outros teatros de envergadura são o Nacional Cervantes e o Municipal General San Martín.
A pintura e a escultura possuem um lugar de importância, refletido nas prestigiosas galerias de arte existentes nas principais cidades do país.
A música típica da cidade de Buenos Aires é o mundialmente conhecido Tango. O folclore possui vários ritmos e estilos de acordo às diferentes regiões do interior do país.
A comida típica argentina é o churrasco (carne bovina cozida na brasa), além das empanadas (espécie de pastéis recheados com carne e outros sabores), os "tamales", a "humita" e o "locro". São famosos os restaurantes argentinos também chamados de "parrillas" onde pode-se saborear as gostosas carnes argentinas.
Não obstante, e devido à importante corrente imigratória que habitou o país, existe uma cozinha internacional muito variada: espanhola, italiana, francesa, alemã, escandinava, grega, inglesa, suiça, húngara, holandesa, chilena, mexicana, vasca, árabe, judia, russa, ucraniana, chinesa, japonesa e tailandesa.
Em todos os centros comerciais existem também estabelecimentos de refeições rápidas.
A bebida característica do nosso país é o chimarrão (infusão).
A qualidade da carne argentina e dos seus vinhos é reconhecida mundialmente, e a nova cozinha argentina tem adquirido um nível internacional que se destaca nos mais ilustres "chefs".

Idioma
O idioma oficial da República Argentina é o castelhano (espanhol). Buenos Aires adota formas do"lunfardo", gíria do âmbito portenho.

Religião
A religião oficial é a Católica Apostólica Romana, apesar de existir total liberdade de crença. Praticam-se além desta o protestantismo, o judaísmo, o islamismo, a religião ortodoxa grega, a ortodoxa russa e outras.

Moeda
A moeda oficial argentina é o Peso. Existem notas de 2, 5, 10, 20, 50 e 100 pesos, e moedas de 1 peso e de 1, 5, 10, 25 y 50 centavos.