Você está aqui : Home > Viagens > Argentina > Argentina e Chile em 24 dias
ARGENTINA & CHILE DO NORTE AO SUL EM 24 DIAS
Cataratas, Madryn, Ushuaia, Calafate, Chaltén, Bariloche, Mendoza, Salta & Bs.As.
Perito Moreno Glacier - Argentina Travel Whales of Patagonia - Argentina Travel Iguazu Falls - Argentina Travel
Argentina e Chile de Norte a Sul em 24 dias varia muito pouco do de 30: foram retirados dois destinos turísticos: a Ilha de Chiloé e Buenos Aires ao final do programa; desta maneira projetamos um tour mais reduzido para quem já conhece Buenos Aires, mas quer percorrer por toda a região.

Nesta viagem unindo a Argentina e o Chile visitaremos Las Torres del Paine, o Distrito de Lagos na região de Porto Montt e Porto Varas, Santiago de Chile e os arredores e o Altiplano Andino. E, da Argentina, desde as Cataratas, Península Valdés, Ushuaia, Calafate, Bariloche e Salta para completar o Noroeste de ambos os países.

O segredo deste tour, como o tour Argentina e Chile em 30 dias, é a logística armada para combinar as uniões dos destinos e aproveitar ao máximo o tempo disponível; o exemplo mais concreto é o trajeto que vai desde Ushuaia até El Calafate, aproveitando a visita às Torres del Paine e também a união da Patagônia Norte, na Travessia dos Lagos. Apesar de tratar-se de um programa não tradicional, é ideal para quem quer conhecer ambas as regiões, mas não tem muitos dias.

Como o itinerário é muito parecido ao de 30 dias vou aproveitar para dar algumas recomendações para estes 2 programas:

Desfrutemos os dias de sol já que, tratando-se de épocas de inverno, especialmente na Patagônia, chega a temperaturas próximas aos 2º grados. Apesar de Ushuaia estar muito perto do pólo sul, as temperaturas são muito brandas se comparamos com os invernos no Pólo Norte. Muitos diriam que não são comparáveis. O aconselhável é evitar fazer a viagem no inverno, já que existem determinadas travessias que estão fechadas.

A viagem por terra de Ushuaia a Porto Natales leva todo o da. Realmente se justifica pela transição da paisagem, mudando de zona de montanhas para a árida planície patagônica. Às vezes, é necessária paciência na fronteira para migração para o Chile; a viagem compensa. Chegaremos cansados a Porto Natales, mas com uma experiência vivida como poucas. Cruzar o Estreito de Magalhães é realmente lindo.

Este é um trajeto para ser feito principalmente durante a primavera, verão e parte do outono, para se desfrutar ao máximo. Por exemplo, a melhor época para fazer a Travessia dos Lagos é no verão, já que durante o restante das estações as chuvas são intensas, e formam parte da paisagem.

Com respeito ao clima nas Cataratas do Iguaçu, há que se levar em consideração que o verão é muito quente, a temperatura fica entre 30 e 40%, mas isso não é o mais importante, senão a umidade. É recomendável não viajar com bebês durante o verão, já que som os que mais sofrem com o calor. A época do ano ideal para viajar a Iguaçu é desde abril até o final de novembro.

Para encontrar um bom clima em todos os lugares nesta viagem, é recomendável fazê-la entre outubro e dezembro. Embora o verão na Patagônia seja uma das estações mais lindas, devemos estar preparados para suportar a umidade da selva subtropical no Parque Nacional Iguaçu. Espero que estes conselhos sirvam para você começar sua viagem.
24 dias - 23 noites
Alojamento Quartos Duplo / Café da manha
Transfer IN OUT APT/HTL/APT
Excursões regulares - Guia espanhola e inglesa
Coordenação Permanente
Refeições e Vôos Locais não Incluídos
Entradas às reservas e parques nacionais
 
Recepção e traslado do Aeroporto Internacional de Ezeiza ao Hotel.

Opcional: City tour em Buenos Aires.
Conheceremos o Congresso Nacional e a Praça de Maio com a Casa de Governo (Casa Rosada), a Catedral Metropolitana e o Cabildo. Após isso visitaremos o Teatro Colón. Também iremos ao tradicional bairro de San Teimo, a Boca, aonde se estabeleceram os primeiros imigrantes italianos, famosa por sua pitoresca arquitetura. Continuaremos no bairro de Palermo, passando por Puerto Madero. Finalmente visitaremos a Recoleta, um dos bairros mais exclusivos da cidade.
Cataratas do Iguaçú.- Brasil
Café da manha no Hotel. Excursão ás Cataratas Brasileiras, onde teremos uma vista vista panoramica única. Nos dirigiremos a Foz do Iguaçú para observar as cataratas do lado brasileiro e comprovar a frase que diz: "As cataratas são argentinas mas a vista é brasileira". Como bem diz esta frase a melhor imagem do postal está no Brasil, e por este motivo, vamos até nosso próximo destino.
Cataratas do Iguaçú.- Argentina
Café da manha no Hotel. Excursao ás Cataratas Argentinas, visitando as passarelas inferiores e superiores e a impressionante Garganta do Diabo. Efetuaremos uma excursão pelo caminho de interpretação Yvyra Retá. Daqui parte o trem até as estações Cataratas e Garganta do Diabo.

Percorreremos o caminho de pedestres verde de aproximadamente 600 m que comunica a estação Cataratas com a área Cataratas, onde começam as passarelas. Pelas passarelas inferiores observaremos o Salto Alvar Núñez, o Mirante Principal, o Salto Bossetti, a Ilha de San Martín e o Salto Dos Hermanas.

Pelas passarelas superiores, observaremos os mirantes sobre o Salto Bossetti até o final da passarela.Realizaremos uma grande aventura aproximando-nos das cascatas, entrando no cânion da Garganta do Diabo, para desembarcar na ilha San Martín.

Opcional - Grande Aventura
Depois embarcaremos em botes semi-rígidos para navegar pelo rio Iguazú Inferior, com 2 quilômetros de corredeiras. Voltaremos por plena selva missioneira em veículos todo terreno pelo caminho Yacaratiá.
Iguazú – Ushuaia
Café da manha no Hotel. Traslado ao Aeroporto de Iguazú. Recepção em Aeroparque Doméstico Jorge Newbery (Buenos Aires). Recepção e traslado do Aeroporto de Ushuaia ao Hotel.
City Tour e Navegação pelo Canal de Beagle
Café da manha no Hotel. Dedicaremos a manhã para conhecer a cidade, visitando o legendário e antigo Presídio de Reincidentes que impacta por sua arquitetura carcerária e pela dura história do extremo sul do continente americano. Visitaremos o porto, o Passeio do Centenário (ponto panorâmico ideal), a Casa Bebán comprada na Suécia e construída em 1911.

Navegaremos pelo canal de Beagle, percorrendo a Ilha dos Pássaros, a Ilha dos Lobos e o farol Les Eclaireurs. No trajeto observaremos numerosas espécies de aves autóctonas e colônias de lobos-marinhos de um e dois bigodes.
Parque Nacional da Terra do Fogo - Trem do Fim do Mundo
Café da manha no Hotel. Viajaremos com o Trem do Fim do Mundo, da Estação Central até a Estação do Parque Nacional da Terra do Fogo. O Ferro carril Austral Fueguino atrai não só pela sua elegância e estilo, mas também por evocar a história das origens de Ushuaia, relacionada com o velho presídio e o com o trem dos presidiários.

O trajeto corre ao longo do Rio Pipo que atravessaremos pelo Puente Quemado e depois de uma curva subiremos a maior pendente até a primeira parada: La Macarena. Uma segunda parada nos mostra os restos da velha serraria. Depois o trem abandona o rio e rodeia um grande "Turbal", até que finalmente uma ampla curva nos introduz em um bosque de "cohiues" e "lengas".

Deste ponto continuaremos nossa viagem ao Parque Nacional da Terra do Fogo, onde observaremos a Bahia Ensenada, o lago Roca e finalmente a Bahia Lapataia. Traslado ao Aeroporto de Ushuaia. Recepção e traslado do Aeroporto de Calafate ao Hotel.
Calafate - Porto Natales
Café da manhã no Hotel. Traslado em ônibus de Calafate até Porto Natales, Chile.
Porto Natales - Parque Nacional Torres del Paine
Café da manhã no Hotel. Sairemos do hotel de manhã bem cedo, começando com uma visita à Cova do Milodón, acidente natural que se abre sobre a ladeira ocidental Cerro Benítez e que, em seu interior, conta com uma réplica do Milodón, um mamífero extinguido há 5.000 anos. Depois, visitaremos o Parque Nacional Torres del Paine, uma obra da natureza.
Porto Natales - Calafate
Café da manhã no Hotel. Traslado em ônibus de Porto Natales até Calafate, Argentina.
Geleira Perito Moreno
Café da manha no Hotel. Excursão dia completo ao Geleira Perito Moreno. Visitaremos uma das maravilhas naturais mais impressionantes do mundo: a Geleira Perito Moreno, declarado Patrimônio da Humanidade. É característica a ruptura de suas paredes frontais devido à pressão da água dos canais laterais. Percorreremos seus mirantes da península de Magalhães.
Calafate - Bariloche
Café da manha no Hotel. Traslado ao Aeroporto de Calafate. Recepção e traslado do Aeroporto de Bariloche ao Hotel.
Cruce de Lagos – Bariloche
Café da manhã no Hotel. Sairemos com destino a Porto Pañuelo. Embarcaremos para navegar pelo Braço Blest; no percurso, visitaremos a cascata Cântaros. Almoçaremos na Hostería Blest, com uma vista espetacular do lago.

Em seguida, nos dirigiremos a Porto Alegre, beirando o Rio Frias. Navegaremos o lago novamente até chegar a Porto Frias, onde passaremos pela alfândega (escritório de imigrações). Depois, já em território chileno, cruzando a fronteira pelo "Paso Vicente Pérez Rosales", chegaremos a Peulla.
Cruce de Lagos - Porto Montt
Café da manhã no Hotel. Navegaremos pelas impressionantes águas do Lago Todos os Santos, admirando o Cerro Pontiagudo e o imponente Vulcão Osorno. Desembarcaremos em Petrohué, continuando a viagem em ônibus com destino a Saltos do Petrohué. Beirando o Lago Llanquihue chegaremos à cidade de Porto Varas e depois, a Porto Montt.
Porto Montt - Santiago do Chile
Café da manhã no Hotel. Traslado ao Aeroporto de Porto Montt. Recepção e traslado do Aeroporto de Santiago ao Hotel. Saída desde seu hotel para percorrer os principais pontos turísticos de Santiago, começando pela zona histórica da capital até terminar nos modernos edifícios que dela emergem.

Em primeiro lugar visitaremos o centro da cidade saindo pela avenida principal, a Alameda Bernardo O'Higgins, onde conheceremos o Palácio Presidencial da Moeda, edifício de construção neoclássica, assim chamado por ser onde antigamente se cunhavam as moedas que circulavam dentro do país.

À continuação, percorreremos os passeios de pedestres Húerfanos e Ahumada, os quais reúnem a maior atividade comercial da cidade e que conduzem à Praça das Armas, lugar estratégico onde se realizaram os primeiros traçados de Santiago. Ao seu redor, encontra-se a Igreja Central, o Correio Central e a Prefeitura de Santiago. Posteriormente, conheceremos o Cerro Santa Lucía, importante lugar arquitetônico que representa um lugar de conotação, já que é o ponto estratégico da fundação da cidade.

Posteriormente, passaremos pelo Parque Florestal e o Museu de Belas Artes, com o rio Mapocho a seu lado. Cruza-se o rio para chegar ao Bairro Bellavista, bairro boêmio de renome, que concentra uma forte atividade cultural, artística e noturna. Bem perto, está a entrada ao Parque Metropolitano, com o Cerro San Cristóbal, lugar onde podemos apreciar uma das melhores vistas panorâmicas da cidade; para percorrer, finalmente, o novo centro da cidade, o município de Providência e os bairros Las Condes e Vitacura, protagonistas do crescimento e da modernidade de Santiago. Tarde livre em Santiago.
São Pedro de Atacama - Calama
Café da manhã no Hotel. Traslado ao Aeroporto de Santiago do Chile. Recepção e traslado do Aeroporto de Calama a São Pedro de Atacama.
Salar de Atacama & Lagunas do Planalto
Café da manhã no Hotel. Saída com destino a Toconao (35 km) em direção ao Sul até Pueblo Altiplánico de Socaire. Seguimos pela estrada até Lagunas de Miscanti e Meñiques, parte da Reserva Nacional dos Flamingos, a 4350 m.s.n.m. Mais tarde visitaremos Salares de Capur, Talar e Laguna Tuyaito. Regresso a São Pedro com parada em Socaire para almoçar e, mais tarde, entrada em SALAR DE ATACAMA. Lembre-se: água e bloqueador solar.
Gêiseres do Tatio e Povoados Pré-colombianos
Saída com destino a Gêiseres do Tatio a 95 km. em direção ao Norte até 4300 m.s.n.m. Percorrido pelo Campo Geotérmico, onde tomaremos café da manhã. Mais tarde, visitaremos a piscina termal para um banho cálido.

A viagem continua pelos Povoados Pré-colombianos como Caspana, formoso oásis destacado pelo cultivo de verduras em terraços localizados nas partes baixas de sua quebrada, seguindo o curso do rio.

Mais tarde chegaremos a Pukara de Lasana, forte Indígena nomeado Monumento Nacional. Depois, passaremos por Petroglifos do Rio Loa. Seguindo nossa rota, chegamos à Laguna Inca Coya, Povoado de Chiu Chiu com a Igreja mais antiga do Chile, construída em 1674. Finalmente, a 33 km. ao leste chegamos a Calama e, posteriormente, retornamos a San Pedro de Atacama. Lembre-se: água, roupa bem abrigada (temperaturas abaixo de 0), roupa de banho, toalha e bloqueador solar.
São Pedro de Atacama - Salta
Café da manha no Hotel. Traslado do São Pedro de Atacama ao Salta em Argentina.
Salta - City Tour
Café da manha no Hotel. City Tour por Salta com Ascenso ao Cerro San Bernardo. Faremos um city tour visitando a Catedral, a Igreja de San Francisco, o Cabildo, o Museu Histórico do Norte, o Mercado Artesanal e o Cerro San Bernardo.

A igreja de San Francisco é um magnífico templo da ordem franciscana que possui uma arquitetura particular e finos detalhes de ornamentação. A edificação do Cabildo foi feita em diferentes etapas, oferecendo expressões do barroco. No Mercado Artesanal podem-se adquirir prataria ou tapeçarias. San Lorenzo é por excelência a vila para veraneio de Salta.
Trem às Nuvens - OPCIONAL
Café da manha no Hotel. Viajaremos de Salta no Trem das Nuvens até o viaduto La Polvorilla subindo até 4.220 m sobre o nível do mar. Esta via férrea é uma magnífica obra de engenharia pela qual desde 1941 transitam pesados trens carregados de minerais.

O seu percurso de mais de 220 km, atravessa vales, quebradas e puna. A variada vegetação da colorida Quebrada del Toro, o ziguezague na estação Alisal e o viaduto La Polvorilla, são os lugares imperdíveis da viagem.

Na estação Alisal, o trem faz uma manobra para ganhar altura, mudando-se a uma via paralela de maneira que a locomotiva fica por atrás, empurrando os vagões para dentro de um túnel onde, ao repetir a manobra, a mesma retoma a ponta. Nas distintas estações, os indígenas oferecem seus artesanatos regionais, sendo o poncho de vicunha a vestimenta mais apreciada da região.

Trem às Nuvens com traslado à Estação incluído. O trem opera somente de abril a novembro. O resto do ano é possível fazer o mesmo caminho com o Safári às Nuvens em veículos 4X4, percorrendo também as Salinas Grandes e Purmamarca.
Cafayate - Vales Calchaquíes
Café da manhã no Hotel. No primeiro dia, viajando pelos Vales Calchaquíes, iremos até Cafayate. Recorreremos o fértil Valle de Lerma, hoje uma importante zona tabaqueira. Um caminho serpeante, passando por curiosas formas montanhosas, o conduzirá à Garganta del Diablo e o Anfiteatro onde se escuta o eco de qualquer som com acústica perfeita.

Pouco a pouco a aridez da paisagem é substituída por grandes extensões de vinhedos, o que mostra que já estamos nos aproximando de Cafayate. Terra do sol e do vinho que nos oferecerá seu artesanato, Museu Arqueológico, Catedral das 5 naves e as adegas mais antigas e famosas que embriagarão a alma com perfume de carvalho e torrontés.
Quebrada de Humahuaca
Café da manha no Hotel. Excursão de dia inteiro à Quebrada de Humahuaca e seus Povoados Prehispânicos, que parecem detidos no tempo. Deixaremos Salta para avançar até San Salvador de Jujuy, onde faremos uma breve visita à cidade.

A nossa viagem continua pelo caminho de precipícios que comunica Reyes com as lagoas de Yala, nossa primeira parada, para observar as lagoas ao pé do cerro Chani. Estes 12 espelhos de água estão a mais de 2.000 m sobre o nível do mar, delimitados por bosques de "alisos" e pinheiros do cerro.

Deixaremos Yala e El Volcán, povoados entre os quais pode-se ver os cerros Abra Blanca, Santuyo e El Manzano para chegar a Tumbaya, onde havia assentamentos indígenas omaguacas. Passaremos pela Posta de Hornillos e depois por Maimará que está encravada no centro da quebrada.

Observaremos os cerros multicoloridos que formam a pitoresca Paleta del Pintor. Seguindo ao norte, chegaremos a Tilcara onde percorreremos o famoso Pucará. Trata-se de uma reconstrução de um povoado pré-hispânico omaguaca que viveu há 900 anos. Antes de chegar a Humahuaca, deixaremos Huacalera e Uquía.
Salta - City Tour em Buenos Aires & Jantar e Show de Tango
Café da manha no Hotel. Traslado ao Aeroporto de Salta. Recepção e traslado do Aeroparque Doméstico Jorge Newbery (Buenos Aires) ao Hotel. Conheceremos o Congresso Nacional e a Praça de Maio com a Casa de Governo (Casa Rosada), a Catedral Metropolitana e o Cabildo. Após isso visitaremos o Teatro Colón.

Também iremos ao tradicional bairro de Sao Telmo, a Boca, aonde se estabeleceram os primeiros inmigrantes italianos, famosa por sua pintoresca arquitetura. Continuaremos no bairro de Palermo, passando por Puerto Madero. Finalmente visitaremos a Recoleta, um dos bairros mais exclusivos da cidade. À noite desfrutaremos de um jantar e Show de Tango em alguma das famosas tangerias da cidade.
Café da manha no Hotel. Traslado ao Aeroporto Internacional de Ezeiza.
Argentina do Norte ao Sul em 21 dias
Argentina do Norte ao Sul em 15 dias
Argentina e Chile do Norte a Sul em 30 dias
Argentina e Chile do Norte a Sul em 24 dias